Página do Projecto RCAAP (Repositório Científico de Acesso Aberto de Portugal)

Nota à navegação com tecnologias de apoio: nesta página encontra 3 elementos principais: menu principal (tecla de atalho 1); menu de acções RCAAP (tecla de atalho 2) e conteúdo principal (tecla de atalho 3).

Notícias | RCAAP - Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal

Candidaturas para o Serviço de Alojamento de Revistas Científicas

Serviço de Alojamento de Revistas Científicas do RCAAP

Período de manifestações de interesse e candidaturas
Informam-se as entidades editoras de revistas científicas que, de 10 a 30 de Maio de 2011, se encontra aberto o período de manifestação de interesse e candidatura ao Serviço de Alojamento de Revistas Científicas Institucionais (SARC) dos Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal (RCAAP).
O SARC é um serviço gratuito que oferece um conjunto de serviços associados ao alojamento de revistas científicas, tais como a gestão e manutenção das infra-estruturas (equipamentos e software base) e das aplicações de suporte à gestão e operação das revistas científicas (ciclo de vida editorial e disponibilização de conteúdos). O SARC inclui o apoio inicial à parametrização das aplicações de gestão e operação das revistas científicas, o serviço de apoio (helpdesk) e acções de formação destinadas aos gestores e administradores de revistas científicas.
Estão excluídos de SARC todas as tarefas relacionadas com a componente editorial e de design da revista. A utilização do SARC faz-se com respeito integral pelo estabelecido na Carta ao Utilizador (AUP) da RCTS disponível em http://www.fccn.pt/pt/rede-academica/a-rede-ciencia-tecnologia-e-sociedade-rcts/.
As entidades editoras que estejam interessadas em alojar as suas revistas científicas no SARC deverão comunicar esse interesse enviando uma mensagem de correio electrónico para o endereço info @ rcaap.pt com os seguintes elementos:
1 – Nome da instituição;
2 – Breve caracterização da revista - 1 a 2 páginas com informação relevante sobre a revista: título da revista, periodicidade, nome da entidade editora, área científica, ISSN, ISSN Online (se aplicável), URL do sítio web da revista (se aplicável), períodos de embargo ao acesso aberto aos artigos (se aplicável), política de copyright, corpo editorial, política editorial (com/sem revisão), números publicados, número de artigos publicados nos últimos 3 anos;
3 –Breve caracterização da entidade editora – nome da editora, natureza e enquadramento organizacional (editora universitária, associação científica, etc.) e revistas publicadas;
4 – Identificação e contactos do responsável pelo projecto de alojamento

A candidatura será considerada elegível se cumprir os critérios de elegibilidade (todos) que se seguem:

  1. Publicação científica periódica, publicando maioritariamente artigos científicos (sem prejuízo da publicação de outras tipologias como notícias, recensões, cartas, revisões de literatura, etc.);
  2. Publicação de uma entidade portuguesa ou sedeada em Portugal; e
  3. Publicação em acesso aberto da versão digital (sem prejuízo da existência de outras edições).

O processo de selecção privilegiará as publicações que reunirem os seguintes requisitos:

  1. Revisão por pares dos artigos publicados;
  2. Existência de um conselho editorial com composição pública;
  3. Maior longevidade da publicação;
  4. Maior número de artigos publicados nos últimos 3 anos;

O processo de selecção terá ainda em conta a preocupação de se assegurar  a maior diversidade possível de áreas científicas e de entidades editoras
Da análise das manifestações de interesse resultará a selecção de um máximo de 8 (oito) candidaturas. Os resultados serão comunicados a todas as entidades editoras que apresentem manifestações de interesse. As entidades editoras que não sejam seleccionadas nesta fase ficarão desde já numa bolsa de candidatos que, mediante confirmação, integrarão a próxima fase de manifestações de interesse, para a selecção de mais instituições, que previsivelmente, ocorrerá durante o próximo ano.
Para qualquer informação ou esclarecimento adicional deverão contactar o projecto RCAAP através do endereço info @ rcaap.pt.

Sobre o RCAAP
O projecto de criação dos Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal é uma iniciativa da UMIC – Agência para a Sociedade do Conhecimento, IP concretizada pela FCCN – Fundação para a Computação Científica Nacional, com o objectivo de disponibilizar mais um serviço avançado sobre a rede de investigação e de ensino nacional, a RCTS. A execução do projecto conta ainda com a participação científica e técnica da Universidade do Minho.

O RCAAP visa aumentar a visibilidade, acessibilidade e difusão dos resultados da actividade académica e de investigação científica nacional e facilitar o acesso à informação sobre a produção científica nacional em regime de “open access” bem como integrar Portugal num conjunto de iniciativas internacionais neste domínio. O Serviço de Alojamento de Repositórios Institucionais (SARI) é um dos componentes essenciais dos Repositórios Científicos de Acesso Aberto de Portugal.